Vetoquinol Saúde Animal alerta produtores sobre doenças respiratórias em bovinos

As doenças respiratórias em bovinos são comuns, principalmente nessa época do ano e podem causar sérios prejuízos à pecuária, principalmente porque tiram o animal do seu sistema produtivo normal. De acordo com Antonio Coutinho, gerente de produtos de animais de produção da Vetoquinol Saúde Animal, o custo de um dia do animal em tratamento significa um dia a menos de ganho de peso. “Levando em consideração o preço atual de R$ 200,00 a arroba e o ganho médio em confinamento de 1kg/animal/dia, estamos falando de R$ 20,00/dia em média de prejuízo por animal. Ou seja, perda significativa e que nos sistemas de produção atuais em confinamento não podem de forma alguma ser relevados”, alerta Coutinho.

As principais causas das doenças respiratórias em bovinos estão ligadas a diversos fatores, como estresse no transporte e comercialização; frio e baixa umidade; interação entre os animais; manejo de castração e mochação; status nutricional e outros. Dentre as espécies mais comuns de bactérias, estão Pasteurella (Mannheimia) haemolytica, Pasteurella multocida e Histophilus somni, sendo a Mannheimia haemolytica a mais frequentemente associada às doenças respiratórias. “Os pecuaristas devem estar atentos aos principais sintomas, como febre, baixa conversão alimentar, queda no ganho de peso, pelos arrepiados, secreções nasais e chanfro quente ou seco em fases mais críticas. O tratamento deve ser realizado com o uso de antibiótico de início e pico de ação rápido, proporcionando eficiência no tratamento e retorno rápido à produção”, destaca o especialista da Vetoquinol.

Antonio Coutinho ressalta que os confinamentos são os mais afetados. “Isso acontece pois há diversos fatores, como estresse no transporte, adaptação do animal à nova dieta, época seca, muita poeira e baixa umidade, alta taxa de lotação e proximidade entre os animais, favorecendo o aparecimento das doenças respiratórias”, explica.

Leia Mais…

Como prevenção, é necessário realizar práticas de limpeza em geral, rondas sanitárias, além da separação dos animais em grupos menores de acordo com a idade, boa ventilação para evitar umidade, estar atento à temperatura, regularidade na dieta e, em caso de animais com a doença, realizar isolamento.       

Com amplo portfólio, a Vetoquinol Saúde Animal, uma das 10 maiores empresas de saúde animal do mundo, oferece aos pecuaristas Forcyl, antibiótico de amplo espectro para bovinos, com baixo período de carência, dose única, rápido início e pico de ação, baixo risco de penalização no abate, menor resistência bacteriana (classe terapêutica moderna), facilidade no manejo, menos estresse para o animal e retorno rápido à produção.

“A Vetoquinol conta com uma eficaz linha de produtos para a saúde sanidade dos bovinos. Forcyl é uma excelente solução para controlar doenças respiratórias, devolvendo os animais rapidamente para o ganho de peso”.

Sobre a Vetoquinol – Entre as 10 maiores indústrias de saúde animal do mundo, com presença na União Europeia, Américas e região Ásia-Pacífico. Grupo independente, projeta, desenvolve e comercializa medicamentos veterinários e suplementos, destinados à produção animal (bovinos e suínos), a animais de companhia (cães e gatos) e a equinos. Desde sua fundação, em 1933, a Vetoquinol combina inovação com diversificação geográfica. O crescimento do grupo é impulsionado pelo reforço do seu portfólio de produtos associado a aquisições em mercados de alto potencial de crescimento, como a Clarion Biociências, ocorrida em Abril/2019. A Vetoquinol gera 2.372 empregos e está listada na Euronext Paris desde 2006 (símbolo: VETO). A Vetoquinol conta com SAC formado por profissionais da área veterinária para auxílio aos clientes. A ligação é gratuita – 0800 741 1005. Site: www.vetoquinol.com.br

Fonte: Flavia Pisani

Categorias

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Assinar!

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons