Governo do Tocantins pede cautela na reabertura dos atrativos do Jalapão

Atrativo gerenciado pelo governo, as Dunas permanecem fechadas a visitação – Emerson Silva/Governo do TocantinsAdetuc promoveu várias reuniões para discutir protocolos para o Jalapão – Flávio Cavalera/Governo do Tocantins

Desde o mês de abril, o Governo do Estado, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) vem discutindo com os setores da sociedade que atuam na cadeia do turismo tocantinense a retomada segura das atividades do setor. A evolução do novo coronavírus (Covid-19) tem sido acompanhada de perto e continua sendo um desafio.

“O governador Mauro Carlesse sempre defendeu a importância da retomada econômica do Estado, porém, dentro de critérios que priorizam a saúde da população”, explica o presidente da Adetuc e secretário de Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Tom Lyra, ressaltando que as ações das pastas sempre foram acompanhadas e aprovadas pelo Comitê Gestor de Crise para Prevenção da doença.

Diante da decisão dos três municípios que concentram a maioria das atrações turísticas do Jalapão, de abrir as portas aos viajantes nos próximos dois meses, o Governo do Estado pede cautela diante do pico de contaminação.                      

“Estamos dando prosseguimento a todas as medidas necessárias à reabertura do Parque Estadual do Jalapão, mas a data será definida somente após uma avaliação criteriosa sobre o avanço da pandemia. Isto inclui a redução dos índices de ocupação dos leitos hospitalares específicos aos pacientes contaminados pelo coronavírus para índices abaixo de 40%”, completa, Tom Lyra, lembrando que o Estado está aumentando sua capacidade de atendimento hospitalar, mas é fundamental que a população siga evitando aglomeração e fazendo uso de máscaras e álcool em gel.

Leia Mais..

Adetuc promoveu várias reuniões para discutir protocolos para o Jalapão – Flávio Cavalera/Governo do Tocantins

Entenda

Entre os meses de abril e julho, o Governo do Estado, por meio da Adetuc, conduziu uma série de webconferências e reuniões presenciais para discutir as medidas necessárias à reabertura do Parque Estadual do Jalapão.

Os protocolos de controle sanitário apresentados pelas prefeituras municipais e associações e condensados pela Superintendência de Desenvolvimento do Turismo foram avaliados pelo Comitê Gestor de Crise para Prevenção da Covid-19, por médicos, técnicos, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Naturatins. Após aprovação, foram entregues pessoalmente pelos prefeitos de Mateiros, Ponte Alta e São Félix ao governador Mauro Carlesse.

No protocolo constam as medidas necessárias ao controle de fluxo turístico, como: reuniões de orientação dos empresários para a adoção de medidas de segurança propostas nos protocolos; criação de um passaporte para controle de acesso, reduzindo a 30% o número de visitações diárias; exigência de exame prévio para Covid-19;  proibição do ingresso de turistas individuais que não estejam com guia/operadora; montagem de sete barreiras fixas, sendo cinco para controle de acesso, nos municípios de Novo Acordo, Lizarda, Mateiros (Galhão), Lagoa do Tocantins e Ponte Alta, e duas de policiamento, para controlar o acesso às comunidades do Prata, em São Félix, e Mumbuca, em Mateiros.

O Governo do Estado definiu o dia 19 de julho para a reabertura do turismo no Jalapão, porém, as prefeituras informaram que não suspenderiam seus decretos de restrição ao turismo e comércio. Sendo esta uma responsabilidade municipal, e entendendo que não seria possível abrir a Cachoeira da Velha, as Dunas e a Serra do Espírito Santo de forma isolada, a gestão estadual decidiu acatar a decisão das prefeituras.

Fonte: Seleucia Fontes / Secom-TO.

Categorias

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Assinar!

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons