Chá com Mulheres da FIETO reúne cerca de 200 empresárias em Araguaína

Jornalista Carla Vilhena palestrou sobre a força feminina no mercado de trabalho.

A 5ª edição do Chá Com Mulheres – Encontro de Líderes Empresariais promoveu troca de experiências e de contato entre cerca de 200 empresárias e líderes femininas na tarde desta quarta-feira, 26/06, em Araguaína. O evento teve como palestrante a jornalista Carla Vilhena que trouxe suas experiências profissionais e pessoais para falar sobre a força feminina no mercado de trabalho. A realização é do Sistema FIETO.

A conselheira da FIETO e presidente do Sindicato das Indústrias da Confecção do Tocantins, Maria Elieth Lobo, representou o presidente do Sistema FIETO, Roberto Pires no evento. Em sua fala, destacou a importância de discutir e desenvolver a liderança feminina, como propõe o encontro, para mudar realidades.

“Temos mais educação, mas continuamos ocupando menos posições gerenciais e tendo menor representação política em relação aos homens. Possuímos mais acesso a tecnologias como celulares. Mas a informação ao alcance das mãos, não altera o quadro de que 85% das mulheres passam pelo desafio da gravidez na adolescência na região Norte”, disse ao citar os dados da pesquisa Estatística de Gênero – Indicadores Sociais das Mulheres no Brasil (IBGE).

Carla Vilhena apresentou estatísticas e cases que reforçam esta necessidade de continuar lutando por situações justas e igualitárias para as mulheres. Sendo uma das primeiras a apresentar o telejornal de maior audiência do país, falou sobre a busca por espaços semelhantes em relação aos homens até mesmo em situações simples.

“O homem sempre dava o primeiro “boa noite” do encerramento. Durante anos eu fiz aquilo sem saber, foi então que uma colega perguntou o motivo e a partir dali foi tomada uma nova decisão para que a mulher pudesse dar o primeira boa noite”, exemplificou.

Com mais de 30 anos de atuação como jornalista, Carla Vilhena também falou sobre suas impressões e pesquisa em relação ao Tocantins. “O que estou vendo aqui, essa classe de mulheres empoderadas, é o que espero para o Brasil. Fico muito feliz de conhecer uma experiência que está dando certo”, disse referindo-se aos números do estado que, segundo pesquisa da palestrante, tem conseguido uma melhora enorme e significativa em todos índices como expectativa de vida.

“Em 20 anos vocês alcançaram 11 anos a mais de expectativa de vida. E quem é que cuida da saúde da família? Nós, mulheres. Em 20 anos, vocês conquistaram uma queda na mortalidade infantil de 63 para 14 entre mil nascidos vivos, isso é muita coisa. Quem é que cuida da saúde do bebê? Nós. Então essas são conquistas diretamente relacionadas a vocês”, citou a jornalista sobre as tocantinenses.

A mensagem foi bem recebida pelas empresárias, como a Mayara Martins do grupo Agro Norte. “O evento é de bastante valia para nos reunirmos e trabalhar a questão do empoderamento, pra gente discutir ideias. Ficando isolada, cada um em sua empresa, não vamos saber o que está acontecendo, sem ouvir a voz de cada uma. Nos reunindo, a nossa voz fica cada vez mais forte”, observou a empresária.

O objetivo do Chá com Mulheres é valorizar a atuação feminina e suas conquistas e estimular o desenvolvimento da gestão empresarial, aliando competências inovadoras e atitudes para o enfrentamento dos desafios organizacionais. A realização do evento foi iniciada em Palmas em 2015, passou por Araguaína no ano seguinte, Gurupi em 2017 e novamente Palmas no ano passado.

(Priscila Cavalcante/Assessoria de Imprensa Sistema FIETO)

Posts recentes

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons