Jalapão recebe curso para formação de condutores de observação de aves

O município de Mateiros, no Jalapão, sedia entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro o Curso de Formação de Condutor de Observação de Aves. A realização é do Governo do Estado, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc). O treinamento será ministrado pela bióloga e mestre em Ecologia e Conservação Maristela Benites.

O objetivo do curso é formar condutores preparados para reconhecer as espécies e prestar informações aos turistas, sendo esta uma das ações a serem desenvolvidas pela consultora contratada via Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins (PDRIS), com recursos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). O projeto inclui ainda o desenvolvimento do Plano Estratégico de Aves para o Estado, a elaboração de roteiros de observação de aves e rodada de negócios para futura comercialização dos roteiros a serem formatados.

O curso tem início nesta quarta, às 19 horas, com aula teórica no Centro de Interpretação e Educação Ambiental de Mateiros. Nos dias seguintes haverá aulas práticas pela manhã, na trilha próxima a sede do Parque Estadual do Jalapão, e teóricas no período vespertino, com abordagem sobre as espécies locais e suas características, técnicas de identificação, terminologias utilizadas na observação de aves, políticas públicas para o turismo de observação de aves, técnicas de guiamento, entre outras informações. O certificado será entregue somente aos participantes de todas as etapas.

O público alvo, conforme a Superintendência de Desenvolvimento do Turismo, são os guias de turismo do Estado, regulares junto ao Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur) e ao Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e condutores ambientais do Estado com cadastro no Naturatins.

São parceiros na iniciativa, a gerência do Parque Estadual do Lajeado/Naturatins, a Prefeitura Municipal de Mateiros/Secretaria Municipal de Turismo e a Associação Jalapoeira de Condutores Ambientais (Ajaca).

“A observação de aves possui milhares de adeptos pelo mundo e o Estado do Tocantins conta com todas as características necessárias ao desenvolvimento deste segmento”, pontua o presidente da Adetuc, Tom Lyra, lembrando que a qualificação da mão de obra do segmento turístico é uma das metas da gestão Mauro Carlesse.

O Brasil é um dos países com maior diversidade de aves do mundo, com cerca de 1.670 espécies de aves. Somente o cerrado possui 837 espécies, além de representar a segunda maior região ecológica do Brasil, cobrindo 20% do seu território.

Fonte: Seleucia Fontes/Secom-TO.
Legenda:
Jalapão está entre as regiões do Estado com grande potencial para a observação de aves Thiago Sá/Governo do Tocantins

Posts recentes

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons