Tocantins participa de conferência sobre incêndios florestais

O Governo do Estado, por meio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) participa desde o dia 28 de outubro da 7ª Conferência Internacional sobre Incêndios Florestais (Wildfire 2019). O objetivo do evento é a troca de conhecimentos entre profissionais de todas as nacionalidades ligados ao manejo do fogo e ao controle de incêndios florestais.

Participam da 7ª WildFire gestores, autoridades, técnicos, pesquisadores e brigadistas. De acordo com o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas, Warley Carlos Rodrigues, o Naturatins buscou priorizar a participação de técnicos ligados às unidades de conservação. “Nós fizemos um esforço grande para trazer os técnicos e gestores ligados à área do fogo para que pudessem compartilhar e vivenciar experiências com pessoas de outros países e de outros estados brasileiros, ver o que fazem lá e que pode ser aproveitado no Tocantins”, destaca.

Para o supervisor do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas (Monaf), Hermísio Alecrim Aires, a semana foi bastante proveitosa porque técnicos das mais diversas partes do mundo demonstraram suas experiências com o que há de mais inovador em tecnologias de prevenção e combate a incêndios florestais. “O encontro cumpre seu principal objetivo que é a troca de experiências e assim comparamos com a nossa realidade no Monaf e percebemos que estamos no caminho certo, pois o Manejo com fogo que adotamos na UC vem ao encontro da tendência mundial sobre o assunto”, observa.

A gerente da Área de Proteção Ambiental do Jalapão (APA Jalapão), Rejane Ferreira Nunes, destaca que o WildFire é uma grande oportunidade de trocar experiências com profissionais do mundo inteiro sobre o Manejo Integrado do Fogo. Além disso, uma grande oportunidade para conhecer melhores técnicas, melhores equipamentos e política de gestão de outras instituições. Outro ponto importante neste evento é o papel das mulheres como protagonistas do fogo. “O WildFire está sendo uma experiência riquíssima. Todos juntos para buscarem soluções para prevenção dos incêndios florestais, preservação do meio ambiente e sustentabilidade para as comunidades por meio do Manejo Integrado do Fogo”, enfatiza.

Apresentação

Na quinta-feira, 31, o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins, Warley Rodrigues, participou de uma apresentação conjunta com o professor Jeremy Russel, da Universidade Darwin, da Austrália.

Na primeira parte, o professor Jeremy Russel destacou os potenciais da Austrália em Manejo de Fogo e a captação de recursos envolvendo várias modalidades como Redd+ e Carbono, dentre outras.

Já a apresentação do Tocantins teve como objetivo mostrar a relação entre Mosaico Jalapão, mais especificamente APA Jalapão e como estabelecer estratégias de boas queimas para preservação do Cerrado e ainda ter possibilidade de financiamento para isso. “Queríamos mostrar que o bom uso do fogo pode beneficiar comunidades com o agro-extrativismo e compensar isso com recursos, porque de alguma forma esta atividade está segurando carbono”, acentuou.

A 7° Wildfire ocorre no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande (MS) e encerrou nesta sexta, 1º de novembro, as atividades realizadas em auditórios e salas de debates e discussões. Entre os dias 2 e 4 de novembro serão realizadas atividades de campo, como demonstrações de empresas e de entidades participantes do evento.

Fonte: Alvaro Vallim/Secom-TO.
Legenda:
Comitiva do Naturatins na 7a WildfireNaturatins/Governo do Tocantins
Plenária Geral 7a Wildfire 2019Grupo de troca de experiências na Wildfire 2019 que ocorre em Campo Grande (MS)Técnicos do Naturatins participam de conferência sobre incêndios florestais

Posts recentes

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons