Produto Interno Bruto tocantinense atinge R$ 34,10 bilhões

O PIB do Tocantins de 2017 atingiu o valor de R$ 34,10 bilhões e teve crescimento em volume de 3,1%, em relação ao ano anterior. Em valores correntes, o resultado alcançado em 2017 representou um incremento de R$ 2,5 bilhões à economia tocantinense em relação a 2016, em que o PIB foi R$ 31,6 bilhões. O estado manteve participação de 0,5% no PIB nacional e 24ª posição entre os entes federativos. O PIB per capita de 2017, por sua vez, foi R$ 21.998,34, contra R$ 20.605,59 em 2016. Esses números foram divulgados nesta quinta-feira, 14, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Agropecuária obteve a maior variação em volume entre os três grupos de atividades, 26,7%. O resultado foi decorrente do desempenho do cultivo de soja, na Agricultura, inclusive apoio à agricultura e a pós-colheita; da criação de bovinos, na Pecuária, inclusive apoio à pecuária; e da silvicultura de lenha em Produção florestal, pesca e aquicultura. Devido ao crescimento em volume dessas três atividades, a participação da Agropecuária na economia de Tocantins elevou-se, de 12,7% para 13,5%.

O total das atividades industriais apresentou decréscimo em volume de 4,0% na comparação ao ano anterior, resultante da queda em suas principais atividades. Indústrias de transformação, apesar do ganho em valor relativo, teve queda em volume de 6,2% ocasionada principalmente pelas atividades de preparação de couros, fabricação de álcool e fabricação de minerais não metálicos. Construção também apresentou queda em volume (-5,5%), distribuída entre todos os segmentos da atividade, sobretudo na construção de edifícios. Em Eletricidade, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação, a retração em volume (2,7%) foi ocasionada pela redução da quantidade de energia gerada pelas principais hidrelétricas do estado.

Serviços registrou crescimento em volume de 0,7% em 2017 e teve participação de 71,8% no valor adicionado do Estado do Tocantins. Todas as atividades de Serviços tiveram variação positiva, com exceção de Administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, que caiu 2,5%; devido à redução na saúde pública. A administração pública contribuiu também para a perda de participação do total dos serviços na economia tocantinense, já que o peso da atividade reduziu de 31,7% para 29,6%; entre 2016 e 2017.

Fonte – Arlete Carvalho/Governo do Tocantins
Legenda:
A Agropecuária obteve a maior variação em volume entre os três grupos de atividades, 26,7%Aldemar Ribeiro/Governo do Tocantins

Posts recentes

  • Ruraltins disponibiliza canais de atendimento ao público durante pandemia
    Ruraltins mantém funcionamento interno de trabalho das 8 às 14 horas, na sede central e nos escritórios locais Edvania Peregrini/Governo do Tocantins Em consonância com o conjunto de providências adotadas no Decreto n° 6.064, do Governo do Tocantins, no sentido de planejar e executar ações preventivas, de monitoramento e controle para o enfrentamento a rápida … Leia mais
  • Após reunião e 3º caso confirmado, medidas restritivas serão mantidas com apoio do Exército em Araguaína
    Entre os anúncios estão a vinda dos soldados na fiscalização das medidas, organização de 33 leitos para tratamento dos casos moderados e instalação de laboratório na Universidade Federal do Tocantins para exames de novos casos A reunião realizada na manhã desta terça-feira, 31, contou com a participação de 22 representantes de instituições de vários segmentos, … Leia mais
  • Covid-19: Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria reforça cuidado com discriminação na pandemia
    Além do cumprimento de medidas de precaução ao novo coronavírus, NDDH ressalta que não pode haver preconceito entre as pessoas, infectadas ou não A Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), seja na atuação coletiva ou individual, já desenvolveu uma série de recomendações e atividades extrajudiciais de amparo e orientação ao cidadão, em prevenção ao … Leia mais
  • Nota de denúncia e repúdio à violência contra os povos do Cerrado no Piauí
    A violência no campo não para no estado do Piauí. Cada vez mais recorrente, famílias inteiras ficam expostas, sujeitas a situações de ameaças, de medo e de abandono. No entanto, permanecem resistindo. Confira a nota da CPT sobre o conflito no Território Chupé, situado no município de Santa Filomena, no sul do estado: “Até quando, … Leia mais
  • Ás máscaras cairam: Assembleia reconhece estado de calamidade pública no Tocantins
    Parlamentares usaram máscaras durante toda a sessão Reunidos em sessão extraordinária na manhã desta terça-feira, 24, os deputados reconheceram o estado de calamidade pública no Tocantins, até 31 de dezembro deste ano, em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), conforme solicitação do governador Mauro Carlesse (DEM), em mensagem encaminhada à Casa de Leis. Publicado … Leia mais

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Subscribe” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons