Defensoria Pública lança atendimento virtual pelo site da instituição

Com as mesmas funcionalidades já oferecidas no Facebook, a assistente virtual Luna está disponível também no site da instituição www.defensoria.to.def.br

A Luna, assistente virtual da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), acaba de estender os seus canais de comunicação e passa a atender aos assistidos da instituição também pelo site oficial da instituição. Com as mesmas funcionalidades já oferecidas pela assistente virtual no Facebook, os atendimentos da Luna serão oferecidos diariamente, em qualquer horário.

Conectando a Defensoria às pessoas assistidas em todo o estado, a Luna foi lançada em dezembro de 2018 e oferece serviços como consulta de informações, reagendamentos e notificações relacionadas a atendimentos realizados.

Além de um atendimento gratuito, de diminuir as filas e o tempo de espera dos atendimentos, a Luna traz mais comodidade, rapidez, eficiência nos serviços prestados e economia, já que com a troca de mensagens não é necessário sair de casa para ir até uma unidade da Defensoria apenas para reagendar um atendimento, por exemplo.

Como funciona?

Após o primeiro atendimento na Defensoria, que deve ser presencial, a pessoa assistida vai receber o número do atendimento. Esse número é importante porque será necessário para a identificação do assistido pela assistente virtual.

Portanto, pessoas que já são assistidas pela DPE que tenham interesse em utilizar os serviços da assistente virtual devem solicitar esse número antes de iniciarem o contato online com a Luna. Ao informarem esse número, assim como o número no Cadastro de Pessoa Física (CPF), o assistido ou a assistida poderão ser atendidos via bate papo. As informações prestadas por meio de conversa no Messenger são extraídas do programa Solução Avançada em Atendimento de Referência (Solar), que é a base informatizada para todos os serviços prestados pela Defensoria no Tocantins.

É importante que o assistido saiba que a Luna realizará, inicialmente, marcação de retornos no atendimento. Outras funcionalidades serão adicionadas por meio de atualizações.

Fonte: Bruna Cardoso / estagiária, sob supervisão de Cinthia Abreu – Ascom DPE-TO

Posts Recentes

  • Corais e chegada do Papai e Mamãe Noel marcam abertura da Vila de Natal
    As comemorações natalinas tiveram início nesta quinta-feira, 12. Até o dia 25, várias atrações artísticas animarão a Praça das Nações São Luís Orione. A praça do Setor Noroeste também conta com programação A alegria do Natal já tomou conta da Praça São Luís Orione que recebeu centenas de crianças nesta quinta-feira, 12, para conhecer o … Leia mais
  • Cerrado sustentável é o tema da Agrotins 2020
    Em reunião de esforço conjunto, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e expositores se reuniram na tarde dessa quinta-feira, 12, na sede da Secretaria em Palmas. Durante o encontro o secretário da Seagro César Halum, anunciou o tema da Agrotins 2020: Cerrado Sustentável, e argumentou sobre a … Leia mais
  • Nota de Repúdio, alerta e esclarecimento aos produtores rurais e à população sobre as Medidas Provisórias do Governo
    O Sindicato das Indústrias de Carnes Bovinas, Suínas, Aves, Peixes e derivados do Estado do Tocantins – SINDICARNES, vem novamente a público registrar sua indignação! Queremos esclarecer e alertar a população sobre os impactos das medidas provisórias de nºs 23 e 24, enviadas pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa, em que altera profundamente a … Leia mais
  • Dimas isenta bares e restaurante de tarifas para apresentações musicais
    Lei que diminui a burocracia foi publicada no Diário Oficial de Araguaína no último dia 9. Também regulamenta como é medido o limite máximo do som para evitar poluição sonora “A taxa não influencia em, praticamente, nada na receita do Município e retirar ela é de grande valia para incentivar a realização de eventos nos … Leia mais
  • Ação contra camponeses no Bico do Papagaio passa à competência da Justiça Federal
    Há evidência da área ser domínio da União e não de particulares, conforme a Ação Civil Originária (ACO) nº 847. A suspensão de Mandado de Reintegração de Posse, em que figuram como parte ré 80 famílias que ocupam área da Fazenda Estrela de Davi, vai possibilitar a discussão de vícios existentes na titularidade das terras … Leia mais

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons