Nos seus 61 anos, livro narra crescimento de Araguaína e sua transformação

Organizado por dois professores, o livro ´A transformação histórica de Araguaína´ foi lançando nesta sexta-feira, 22, e servirá como fonte de pesquisa sobre o desenvolvimento da cidade

Araguaína ganha mais um presente, em meio às comemorações pelos seus 61 anos, a história do Município contada em 15 capítulos e organizada em um livro lançado na manhã desta sexta-feira, 22, durante a Semana Acadêmica de História da Universidade Federal do Tocantins (UFT), de Araguaína.

O livro “A transformação histórica de Araguaína” foi organizado pelos historiadores, Rayllin Barros da Silva, professor da rede estadual de ensino, e Cleube Alves da Silva, professor do curso de história da UFT. A obra tem como finalidade contribuir como fonte de conhecimento e pesquisa sobre o processo de desenvolvimento histórico da cidade.

“Decidi entrar em contato com vários pesquisadores, em parceria com o Cleube, para unir em um material completo a história, desde a primeira família que chegou aqui, até o desenvolvimento atual da cidade, com o surgimento de pontos turísticos como a Via Lago e Parque Cimba, mostrando que a cidade não para de crescer e alcançar um progresso bonito de ver”, destacou Rayllin.

História em linhas

O livro apresenta 15 temas de estudo da trajetória histórica de Araguaína, que vão desde a economia, politica, a parte cultural e social da cidade, com foco nos principais personagens que construíram o Município.

“Araguaína foi edificada por pessoas comuns, que nasceram aqui ou vieram de outros lugares e ajudaram a fazer a cidade como ela é hoje. Evidentemente que um livro não consegue abarcar tudo da nossa rica história, mas já servirá de base para compreendermos muito”, disse o professor.

Cidade em crescimento

De acordo com o historiador, o livro apresenta o processo de surgimento e crescimento da cidade. O início foi no final do século 19 e ganhou força, sobretudo, com a migração de novas pessoas de outras regiões no século 20. O destaque é para o salto de desenvolvimento que o Município apresentou nos últimos anos.

“Vamos perceber que o grande marco do surgimento de Araguaína ocorreu por volta dos anos de 1960, com a construção da BR – 153, existe um antes e depois dessa fase. Só que é preciso destacar que a cidade que antes dependia de outras, hoje, é polo de todas as outras que circundam ela, com avanços notáveis de crescimento”, conclui Rayllin.

O livro estará disponível nas principais bibliotecas de Araguaína.

Fonte: Adriana Santana | Fotos: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

  • CPT teme contaminação proposital das comunidades indígenas
    Paulo César Moreira, da Comissão Pastoral da Terra, observa que comunidades camponesas e povos originários, que já sofrem ameaças por ocupar áreas de interesse do agronegócio e mineração, ficam ainda mais à mercê durante a quarentena do coronavírus Texto: Ludmilla Balduino/De Olho nos Ruralistas Foto: Joka Madruga Enquanto 84,72% dos brasileiros praticam a quarentena em … Read MoreLeia mais
  • Inscritos no Cadastro Único devem ser os primeiros a receber auxílio emergencial
    Quem ainda não está inscrito no Cadastro Único pode   baixar o aplicativo da Caixa para acessar o benefícioAlexandre Alves/Governo do TocantinsTécnica de gestão do Bolsa Família no Tocantins, Régina Mercês Aires, ressalta a importância de só baixar o aplicativo quem atender as condições  de acesso  ao benefício Com as diretrizes estabelecidas pela lei federal nº … Read MoreLeia mais
  • Probióticos podem ser uma alternativa para o tratamento de disbiose intestinal em aves de corte
    A disbiose pode estar presente em todas as fases da vida das aves e pode ser controlada por meio de probióticos através da indução da eubiose, recomenda a Biomin A avicultura é uma atividade extremamente profissional e a produtividade, tanto do segmento de corte quanto de postura, é medida em detalhes. “O uso de antibióticos … Read MoreLeia mais
  • Assembleia reconhece calamidade pública em Palmas por causa do coronavírus
    Votação foi feita remotamente O plenário da Assembleia Legislativa reconheceu nesta segunda-feira, 6, em sessão extraordinária, situação de calamidade pública em Palmas, decretada pela prefeita Cinthia Ribeiro ( PSDB) no último dia 22. Na prática, a decretação de calamidade pública – entre outras coisas – flexibiliza o cumprimento da meta fiscal diante da perspectiva de … Read MoreLeia mais
  • Defensoria aciona Justiça contra flexibilização de isolamento social em Tocantinópolis
    Ação foi protocolada nesta segunda-feira, 06, e pede a suspensão/anulação de decreto que flexibiliza as medidas preventivas contra o novo coronavírus A Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), por intermédio da 2ª Defensoria Pública de Tocantinópolis, apresentou Ação Civil Pública (ACP), com Pedido de Tutela de Urgência, contra o Município de Tocantinópolis. O objetivo … Read MoreLeia mais

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Inscrever-se” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons