CineSesc iniciará Retrospectiva 2019 no dia 31 de janeiro

A exemplo dos anos anteriores, o CineSesc de Palmas, Araguaína e Gurupi iniciará 2020 com os melhores filmes exibidos no ano passado. A realização da Mostra Retrospectiva 2019, em fevereiro, será composta dos dez melhores filmes. As sessões acontecerão sempre aos finais de semana, sextas-feiras e sábados, de 31 de janeiro a 29 de fevereiro, às 19h, com entrada gratuita e a classificação variando de livre a 16 anos. Informações pelo telefone (63) 3212-9915.

O CineSesc exibirá a Mostra Retrospectiva 2019 com os dez (10) melhores filmes do ano passado. São eles: “Com amor, Van Gogh”, no dia 31 de janeiro; “Eu não sou seu negro”, no dia 1º de fevereiro; “Joaquim”, no dia 07; “Últimos dias em Havana”, no dia 08; “Era o Hotel Cambridge”, no dia 14; “O cidadão ilustre”, no dia 15; “David Lynch: a vida de um artista”, no dia 21; “Pendular”, no dia 22; “Numa escola de Havana”, no dia 28; e “Sabor da vida”, no dia 29.

Confira os filmes, classificações, locais, datas e horários:

“Com Amor, Van Gogh” (Reino Unido, Polônia/2017) – Animação/Biografia. 1891. Um ano após o suicídio de Vincent Van Gogh, Armand Roulin (Douglas Booth) encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, que jamais chegou ao seu destino. Após conversar com o pai, carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh, Armand é incentivado a entregar ele mesmo a correspondência. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles na esperança de encontrar algum contato com a família do pintor falecido. Lá, inicia uma investigação junto às pessoas que conheceram Van Gogh, no intuito de decifrar se ele realmente se matou. Com 1h35m e direção de Dorota Kobiela e Hugh Welchman. A classificação é de 12 anos.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 31/01 – às 19h.

“Eu não sou seu negro” (EUA-Suíça-França-Bélgica/2017) – O escritor James Baldwin escreveu uma carta para o seu agente sobre o seu mais recente projeto: terminar o livro Remember This House, que relata a vida e morte de alguns dos amigos do escritor, como Medgar Evers, Malcolm X e Martin Luther King Junior. Com sua morte, em 1987, o manuscrito inacabado foi confiado ao diretor Raoul Peck. O documentário tem a direção de Raoul Peck, 1h34m de duração e a classificação é acima de 12 anos.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 01/02 – às 19h.

“Joaquim” (Brasil-Portugal/2017) – A história do que levou Joaquim José da Silva Xavier, um dentista comum de Minas Gerais, a se tornar Tiradentes, transformando-se em um importante herói e mártir nacional que veio a liderar o levante popular conhecido como a Inconfidência Mineira. O drama/biografia tem a direção de Marcelo Gomes, 1h37m de duração e a classificação é acima de 16 anos.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 07/02 – às 19h.

“Os últimos dias em Havana” (Cuba-Espanha/2016) – Havana, Cuba. Miguel (Patricio Wood) tem 45 anos e passa seus dias sonhando em finalmente conseguir o visto necessário para morar nos Estados Unidos. Ele trabalha como lavador de pratos e vive com outro homem, Diego (Jorge Martínez), portador de HIV e com quem tem uma ligação muito forte. Diego vê em Miguel uma base para permanecer de pé, mas a relação dos dois é abalada quando Miguel recebe uma carta da embaixada norte-americana. O drama tem a direção de Fernando Perez, 1h33m de duração e a classificação é acima de 14 anos.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 08/02 – às 19h.

“Era o Hotel Cambridge’” (Brasil/2016) – Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-teto um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas. A direção é de Eliane Caffé e a duração é de 1h39m. A classificação é acima de 12 anos.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 14/02 – às 19h.

“O Cidadão Ilustre” (Argentina/2016) – Comédia/Drama. Daniel Mantovani (Oscar Martínez), um escritor argentino e vencedor do Prêmio Nobel, radicado há 40 anos na Europa, volta à sua terra natal, ao povoado onde nasceu e que inspirou a maioria de seus livros, para receber o título de Cidadão Ilustre da cidade – um dos únicos prêmios que aceitou receber. No entanto, sua ilustre visita desencadeará uma série de situações complicadas entre ele e o povo local. Com 1h58m, direção de Mariano Cohn e Gastón Duprat, a classificação é de 14 anos.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 15/02 – às 19h.

“David Lynch: a Vida de um Artista” (Dinamarca, EUA/2016) – Documentário/Biografia. Em uma íntima jornada, o documentário narra sobre os anos que formaram a vida do cineasta David Lynch. Desde sua criação idílica em uma pequena cidade até as ruas escuras de Filadélfia, acompanhamos Lynch à medida que ele traça os eventos principais para a sua formação, assim como para o seu estilo cinematográfico enigmático. A direção é de Jon Nguyen, Rick Barnes e Olivia Neergaard-Holm, tem 1h28m de duração e a classificação é acima de 12 anos.

Palmas, Araguaína Gurupi: 21/02 – às 19h.

“Pendular” (Brasil/2017) – Drama. Em um galpão abandonado, um casal de artistas contemporâneos observa a arte, a performance e sua intimidade se misturarem. A partir de sequentes contradições, eles vão aos poucos perdendo sua capacidade de distinguir o que faz parte dos seus projetos artísticos e o que nada mais é que a relação amorosa, criando até mesmo um conflito com seu passado. O drama, que levou para casa o prêmio dos críticos no Festival de Berlim 2017, tem a direção de Júlia Murat, possui 1h48m de duração e a classificação acima de 18 anos.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 22/02 – às 19h.

“Numa escola de Havana” (Cuba/2014) – Chala (Armando Valdes Freire), um garoto de onze anos, vive com sua mãe viciada em drogas, Sonia (Yuliet Cruz). Para sustentar a casa, ele treina cães de briga, indiretamente ajudado por um homem que pode ser ou não seu pai biológico. As dificuldades de sua vida refletem na escola, onde é aluno de Carmela (Alina Rodriguez), por quem ele tem um grande respeito. Mas quando ela fica doente e tem que se afastar, Chala não se adapta à nova professora, que sugere que ele seja transferido para um internato. Quando Carmela retorna, não aceita essa medida e outras imposições que aconteceram durante sua ausência. Enquanto a relação entre professora e aluno se intensifica, os dois passam a ser perseguidos na escola, levando a um conflito que reflete o complexo sistema contemporâneo de Cuba. A duração é de 108 minutos e a classificação é livre. Direção de Ernesto Daranas e tem no elenco Armando Valdes Freire, Alina Rodriguez e Silvia Aguila.

Palmas, Araguaína e Gurupi: 28/02 – às 19h.

“Sabor da vida” (França-Alemanha-Japão/2015) – Sentaro (Masatoshi Nagase) dirige uma pequena padaria que serve dorayakis – bolos recheados com pasta doce de feijão vermelho. Quando uma senhora de idade, Tokue (Kirin Kiki), se oferece para ajudar na cozinha, ele relutantemente aceita. Mas Tokue prova ter mágica em suas mãos quando se trata de fazer “AN”. Graças à sua receita secreta, o pequeno negócio logo floresce e, com o tempo, Sentaro e Tokue abrem seus corações, revelando velhas feridas. O filme, um drama e comédia, tem a direção de Naomi Kawase, 1h53m de duração e a classificação é acima de 14 anos.

Palmas, Araguaína Gurupi: 29/02 – às 19h.

Serviço

Cultura – CineSesc Palmas, Araguaína e Gurupi

Ação: Realização da Mostra Retrospectiva 2019

Datas: 31/01 e 01, 07, 08, 14, 15, 21, 22, 28 e 29 de fevereiro de 2020

Horário: 19h

Filmes: “Com amor, Van Gogh”; “Eu não sou seu negro”; “Joaquim”; “Últimos dias em Havana”; “Era o Hotel Cambridge”; “O cidadão ilustre”; “David Lynch: a vida de um artista”; “Pendular”; “Numa escola de Havana”; e “Sabor da vida”

Entrada: gratuita

Classificações: variada (livre a 16 anos)

Informações: (63) 3212-9915

Imagem disponível para download: https://bit.ly/34DxxFm

Trailers:

https://bit.ly/2Ede0k7 (Com amor, Van Gogh)

https://bit.ly/2FgYpBi (Eu não sou seu negro)

https://bit.ly/2XSsj5j (Joaquim)

https://bit.ly/2XXWTPP (Últimos dias em Havana)

https://bit.ly/2mCu5Wv (Era o Hotel Cambridge)

https://bit.ly/2SoGa0F (O cidadão ilustre)

https://bit.ly/2NuaqX7 (David Lynch: a vida de um artista)

https://bit.ly/2Vn54PV (Pendular)

https://bit.ly/2FIvHKp (Numa escola de Havana)

https://bit.ly/2dYnM0i (Sabor da vida)

Fonte: Ronaldo Coelho – Assessor de Imprensa Sesc – TO  –  www.sescto.com.br  

Posts recentes

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Inscreve-se” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons