Audiência pública para apresentar Via Norte será dia 29

A obra, que faz parte do Projeto de Saneamento Integrado de Araguaína, já tem recursos garantidos e será discutido com a população

O objetivo desta primeira audiência sobre a obra será detalhar o Trecho 1, que ficará entre as Avenidas Cônego João Lima e Castelo Branco, e passará sobre o canal dos córregos Neblina e Canindé

A audiência pública para apresentação do projeto do Trecho 1 da Via Norte será no dia 29 de janeiro, às 15 horas, no Auditório Municipal Professor Jauro Studart Gurgel, na Prefeitura, à Rua 25 de Dezembro, no Centro. Na oportunidade, secretários e técnicos municipais discutirão sobre a obra que impulsionará o desenvolvimento de um novo corredor comercial e criará uma via de acesso que cruzará diretamente 14 bairros para desafogar o trânsito entre o Centro e os bairros.

Com mais de 9 quilômetros extensão, a Via Norte conectará o final da Avenida Marginal Neblina até a BR-153, saindo pela avenida Palmas, no Setor Costa Esmeralda. O objetivo desta primeira audiência sobre a obra será detalhar o Trecho 1, que ficará entre as Avenidas Cônego João Lima e Castelo Branco, e passará sobre o canal dos córregos Neblina e Canindé.

O primeiro 1,5 km atenderá diretamente quatro bairros: Neblina, Jardim Goiás, Brasil e Cimba. No projeto atual consta as ligações com as ruas Gaúcha, Santa Cruz, Sete de Setembro, Quinze de Novembro, Vinte e Cinco de Dezembro, Souza Porto, Cuiabá, Vinte e Um de Abril, Neif Murad e Ademar Vicente Ferreira. As ligações continuam com as ruas das Mangueiras, Araguaia e Castelo Branco, com retornos para dar fluidez ao tráfego.

A audiência também servirá para falar da desapropriação de Áreas de Preservação Permanente (APP) às margens dos córregos.

Projeto integrado

A obra faz parte do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína, que prevê a macro e microdrenagem dos córregos Neblina e Jacuba, com bacias de detenção da unidade de conservação ambiental e implantação dos parques Nascentes do Neblina, Raizal e São Miguel. Também haverá obras de infraestrutura em vários setores, entre eles Morada do Sol 3, Ana Maria, Jardim Vitória e Tocantins.

Os recursos estão garantidos com empréstimo, já assinado, de US$ 54,9 milhões (mais de R$ 220 milhões) entre o Município e o CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina.

Fonte: Marcelo Martin / Foto: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Inscreva-se” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons