Dimas decreta novas medidas de contenção do novo coronavírus em Araguaína

Prefeitura de Araguaína está acatando medidas estaduais e nacionais para diminuir os riscos de contágio do Covid-19 em locais de convívio público

O protocolo municipal de contenção foi anunciado na última sexta-feira, 13, em entrevista coletiva

Para diminuir as chances de contaminação do novo coronavírus, Covid-19, em Araguaína, o prefeito Ronaldo Dimas anunciou novas medidas que evitam a aglomeração de pessoas. O decreto publicado no Diário Oficial Municipal desta segunda-feira, 16, segue orientações dos governos Federal e Estadual.

As aulas da Rede Municipal de Ensino estão suspensas a partir desta terça-feira, 17, por tempo indeterminado. As aulas serão reprogramadas em data a ser discutida junto ao Ministério e Secretaria Estadual da Educação.

O decreto regulamenta o funcionamento de bares e restaurantes, proibindo a aglomeração de mais de 100 pessoas. O limite também vale para eventos públicos, shows e atividades culturais como a Via Sacra, que não será realizada este ano.

Estabelece ainda que a distância mínima entre as mesas dos estabelecimentos comerciais deve ser de dois metros e suspende a realização de shows dançantes, permitindo apenas música ao vivo quando a permanência máxima de público for respeitada.

Já o funcionamento total de locais fechados, como pubs, boates, cinemas e similares está provisoriamente suspenso. Todos os estabelecimentos devem respeitar o decreto, sob pena de esvaziamento e fechamento do recinto.

Boletim Epidemiológico

A Vigilância em Saúde de Araguaína comunica que o único caso registrado como suspeito para o Covid-19 segue em isolamento domiciliar.

Triagem para novos casos

O protocolo de contenção de Araguaína foi anunciado na última sexta-feira, 13. Todas as unidades básicas de saúde (UBS) receberam o documento e seis delas foram escolhidas para oferecer atendimento especial aos casos de sintomas leves: UBS Avany Galdino, no Bairro São João; UBS Lago Azul, no Parque do Lago; UBS Dr. Francisco, na Vila Aliança; UBS José Rezende, no setor Alto Bonito; UBS Couto Magalhães, no setor Couto; e UBS Dr. Dantas, no setor Costa Esmeralda.

Já os moradores com fortes sintomas devem ir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “Quem vai decidir a internação ou não do paciente será o médico. Se não for caso de internação, o paciente ficará em isolamento domiciliar para observação”, explicou a secretária municipal da Saúde, Ana Paula Andrade.

Todos os casos com sintomas leves já diagnosticados pelo médico deverão ficar em isolamento domiciliar, onde receberão atendimento da UBS mais próxima. Para as visitas dos servidores da Saúde foram mobilizados três carros e ainda uma Unidade de Suporte Básico (USB) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192).

Quem deve usar a UBS?

As pessoas com sintomas leves, como febre até 38 graus, corizas, espirros e tosse seca estão no grupo de baixo risco. Essas devem procurar uma UBS, principalmente uma das seis preparadas para o atendimento especial.

Quem deve ir à UPA?

Já aquelas com febre acima dos 38 graus, tosse com catarro, dor no peito e nas costas, dores de cabeça, dificuldade de respiração e cansaço devem procurar a UPA, localizada no setor Araguaína Sul.

Fonte: Marcelo Martin /Foto: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

Blog

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons