Defensores na Comunidade em Araguaína é suspenso por prevenção ao coronavírus

Para evitar a promoção de uma grande aglomeração, o que não é indicado neste contexto pandêmico do novo coronavírus, dado o potencial de contágio do Covid-19, a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) decidiu, como medida de prevenção, suspender, temporariamente, a realização do Defensores na Comunidade em Araguaína, antes previsto para ocorrer no próximo dia 28 de março.

Como o Programa apresenta um histórico de atendimento de centenas de pessoas a cada uma das quatro edições já realizadas, isto a partir da oferta gratuita de serviços às populações carentes, a Instituição julgou não ser adequado manter a data do evento, o suspendendo, preventivamente, até que as autoridades competentes de saúde apontem a estabilização do controle da doença, permitindo, assim, que uma nova data seja marcada e devidamente divulgada.

O Defensores na Comunidade em Araguaína, município que fica a 370 km de Palmas, já contava com o cadastro de diversos parceiros e voluntários, inclusive sendo alguns destes servidores e estagiários da DPE-TO. Por este motivo, a Instituição agradece aqueles que se disponibilizaram a colaborar e conta com a compreensão de todos neste momento que exige uma preocupação maior com a saúde pública.

Defensor público diretor do Núcleo de Araguaína da DPE-TO, Luis da Silva Sá afirma que, por mais que ele lamente a suspensão temporária do Defensores na Comunidade, o momento de preocupação e cuidado pelo qual todos passam em virtude do coronavírus recomenda o adiamento do evento, que ainda conta com o apoio de todos aqueles que já haviam se engajado em sua realização para que seja bem-sucedido quando puder, de fato, acontecer no município.

“Eu não poderia, na qualidade de diretor regional da Defensoria Pública em Araguaína, deixar de expressar a minha mais profunda gratidão e reconhecimento a todos os parceiros, voluntários e colaboradores que, com muito entusiasmo, se solidarizaram com o Programa, abraçando-o com muito empenho e paixão. A forte parceria que se construiu em torno do evento, tanto nas edições ocorridas na Capital quanto a que se daria nesta cidade, é fator garantidor do sucesso da empreitada, daí porque esperamos contar o envolvimento engajado e indispensável de todos por ocasião da efetiva realização do evento, quando as circunstâncias permitirem o seu reagendamento”, ressalta Luis de Sá.

Nova data

Conforme esclarecimento do coordenador da Comissão Supervisora do Programa Defensores na Comunidade, defensor público Leonardo Oliveira Coelho, “assim que revertida a situação atual, inclusive de vigência das normativas internas de contenção, será indicada uma nova data para a execução da referida atividade”.

Fonte: Keliane Vale / Ascom DPE-TO

Posts recentes

Categorias

Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons