Diretora da Reciclarte ensina como fazer máscara com camiseta velha e meias

Valéria Elias deu dicas de como usar o material que tem em casa para confeccionar uma proteção eficiente para boca e nariz, e ainda como proteger o cabelo com um lenço

A máscara caseira é lavável e pode ser usada novamente após a higienização com água e sabão ou água sanitária

A partir do próximo dia 17, todos moradores de Araguaína deverão usar máscaras para saírem às ruas ou compartilharem espaços públicos com outras pessoas. O Município é o primeiro do país a decretar essa exigência. Para não ter que comprar o item, a diretora da Escolas de Artes (Reciclarte), Valéria Elias, explicou como fabricar máscara com materiais disponíveis em casa, como uma camiseta e meia.

A máscara caseira é lavável e pode ser usada novamente após a higienização com água e sabão ou água sanitária. Conforme orienta o Ministério da Saúde, ela precisa ser individual, feita com duas camadas de qualquer tecido e cobrir totalmente boca e nariz, sem deixar espaços nas laterais do rosto.

Materiais em mãos

De acordo com a diretora Valéria Elias, o lenço pode ser usado como máscara, dobrando-o ao meio e amarrando-o atrás da cabeça, mas quem não tem pode confeccionar o item usando o que tiver em casa. “Acho que todo mundo tem uma camiseta velha em casa e aquela meia calça ou para sapatos que não usa mais”, estimou.

A camiseta pode ser de qualquer material, sendo a preferência para algodão, porque adere melhor ao rosto. “Outros tecidos podem ficar escorregando e a intenção é não ficar mexendo no rosto”, alertou Valéria. Já as meias serão usadas para fazer as alças da máscara e por isso deve ser um tecido mais delicado. “A gente vai fazer dois recortes, criando duas argolas de meia. As pessoas podem usar amarradores, as xuxinhas, também ou outros materiais”, explicou.

Passo a passo

A diretora explica que a distância do nariz ao início do pescoço é proporcional ao palmo da mão da pessoa que usará a máscara, e a mesma distância é encontrada do nariz à parte traseira da orelha. “Pegue a camiseta e recorte um retângulo. Meça um palmo de altura, marque os dois pontos, embaixo e em cima. Com o polegar em um dos pontos criados, marque um palmo para cada lado. Os quatro pontos criados terão o desenho de um losango”.

Depois de recortado, Valéria detalha como modelar o tecido e criar o buraco das amarras. “Com ele esticado, faça quatro dobras de leque, uma dobra para cada lado até criar uma sanfona, e o tecido ficará parecendo uma régua. Coloque uma ponta no nariz e leve a outra até a orelha. Então, dobre para dentro o pedaço que passou da orelha e faça um pique, com tesoura, bem no meio da ponta dobrada, isso criará um buraquinho em todas as camadas”.

Com recortes feitos em cada ponta, a diretora orienta os detalhes finais. “Antes de abrir o tecido que foi sanfonado, coloque as argolas de meia no buraco para criar as alças. Se ficou grande demais, é só encurtar o local em que foi feito o buraco, sanfonando novamente o pedaço retangular, cortar a ponta e fazer um novo pique na ponta virada para dentro”.

Protegendo toda a cabeça

É um costume arruma os cabelos durante o dia, o que pode levar à contaminação das mãos para próximo da boca, nariz e olhos. Pensando nisso, Valéria ainda deu discas para quem possui lenço cumprido. “Amare as pontas de uma das extremidades do lenço, criando um orifício. Então, encaixe o pano no rosto e coloque a ponta livre dentro do orifício das pontas amarradas; com isso será possível ajustar o lenço ao rosto. Com o restante do lenço, envolva toda a cabeça e passe novamente entre as pontas amarradas, ajuste e dê um nó”.

RECICLART DE ARAGUAÍNA-TO. ENSINA A FAZER MÁSCARAS…

01-Meça um palmo de altura, marque os dois pontos, embaixo e em cima

02-Com o polegar em um dos pontos criados, marque um palmo para cada lado

03-Depois de cortado o retângulo, faça quatro dobras de leque, uma dobra para cada lado até criar uma sanfona, e o tecido ficará parecendo uma régua

04-A diretora explica que a distância do nariz ao início do pescoço é proporcional ao palmo da mão da pessoa que usará a máscara, e a mesma distância é encontrada do nariz à parte traseira da orelha. Corte a parte do tecido que sobrar

05Antes de abrir o tecido que foi sanfonado, coloque as argolas de meia no buraco para criar as alças

06-Se ficou grande demais, é só encurtar o local em que foi feito o buraco, sanfonando novamente o pedaço retangular, cortar a ponta e fazer um novo pique na ponta virada para dentro

Prontinho, hein!!!

Fonte: Marcelo Martin / Fotos: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

Assinar por favor!

Blog

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons