Empresas de Araguaína adotam medidas de segurança no combate ao coronavírus

Os diretores da Associação Comercial e Industrial de Araguaína percorreram os estabelecimentos comerciais. Eles reforçaram as orientações sobre as medidas de segurança já adotadas por muitos comerciantes. As exigências fazem parte do novo decreto municipal, que flexibilizou o funcionamento do comércio, mas tornou as medidas mais rigorosas.

Um dos estabelecimentos visitados foi a empresa Viva Bela Cosméticos. Todos os funcionários estavam com as máscaras, em um ambiente limpo e arejado. Quem entra na loja, é recebido por um funcionário que providencia a limpeza das mãos, com álcool 70. Na fila do caixa, uma funcionária fiscaliza o distanciamento de dois metros, entre os clientes.

Outro estabelecimento que deu exemplo, de boas práticas, foi a loja de ferragens, Cimafer. Os funcionários também usavam as máscaras e intensificaram a limpeza dentro da loja. Para evitar aproximação, entre vendedor e cliente, foram colocados cones para delimitar o espaço. O álcool em gel, que é uma exigência do decreto, também estava à disposição do cliente e funcionário, na entrada da loja e no balcão.

O vice-presidente da Aciara, Denilson Silva, explicou que para evitar aglomeração, foram criados pequenos grupos que visitaram as lojas, com as informações sobre o decreto. “Por onde passei, vi um esforço coletivo, de empresários de Araguaína, na luta contra o coronavírus. Os donos de grandes e pequenas empresas com quem conversei, entendem que é importante, tanto manter as atividades comerciais em funcionamento, como também adotar as medidas preventivas para ajudar a combater o avanço da covid-19 na cidade”, disse Denilson.

O Diretor da Aciara e proprietário da Loja Ferpam Borrachas, Estevão Santos, fez parte do grupo que visitou o comércio do Entroncamento. O trabalho de conscientização ganhou adesão de muitos empresários. Umas das iniciativas sugeridas pelo grupo foi a limpeza das calçadas com produto químico. “A gente teve uma ideia e o pessoal do entroncamento abraçou a causa. Eu ofereci tirar da minha loja uma máquina de pulverizador da Still, novo, e conseguimos que os empresários doassem o produto. Djalma (dono da Couro Norte) também conseguiu uma máquina. Com orientação da Vigilância Sanitária, passamos a limpar as calçadas com água sanitária e água. A gente faz no início da manhã e no fim da tarde”, destacou Estevão.

Fonte: Ascom/Aciara

Posts recentes

Categorias

Assinar por favor!

Blog

http://cerradopost.com/blogkonjuntura/

Redes Sociais!

Share On Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons