REVISTA IHU ON-LINE/REPRODUÇÃO:

Neste 10 de Maio, completaram-se 35 anos de uma morte anunciada, encomendada pelos fazendeiros da região do Bico do Papagaio, no Estado do Tocantins. A vítima foi o padre Josimo Morais Tavares, cuja memória permanece na vida do povo, especialmente dos pequenos agricultores, pelos quais ele literalmente deu a sua vida, e da Igreja, que já deu os primeiros passos no processo da sua canonização.

post
XVII ROMARIA DA TERRA E DAS ÁGUAS PADRE JOSIMO

CELEBRAMOS A PÁSCOA DE CRISTO NA PÁSCOA DAS E DOS MÁRTIRES E LUTADORES PELA VIDA.

Publicado por Comissão Pastoral da Terra – Araguaia Tocantins em Segunda-feira, 10 de maio de 2021

A reportagem é de Luis Miguel Modino

O Padre Josimo, que tinha 33 anos, sabia que ia morrer. A 15 de Abril desse mesmo ano, o seu carro tinha sido baleado cinco vezes, o que foi um anúncio do que iria acontecer a 10 de maio de 1986, quando dois tiros à queima-roupa, enquanto subia as escadas onde se encontrava o escritório da Comissão Pastoral da Terra – CPT, na cidade de Imperatriz, deixaram-no mortalmente ferido….LEIA POST NA INTEGRA…

Posts recentes

Categorias

Blog Selo 144
https://selo144.wordpress.com

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons