Da Redação


Os trabalhadores da Ocupação Mangabeira, localizada na periferia da cidade de Araguaína-TO, decidiram se solidarizar com outras famílias sem-teto da capital econômica do Estado, e dar apoio aos mesmos através da ampliação da ocupação, com a divisão e entrega de outros lotes que não tinham sido ocupados anteriormente. Nesse sentido, o número de famílias sem-teto que constituem a Ocupação Mangabeira, saiu 250 para 550 famílias.

O território da Ocupação Mangabeira fica próximo do Setor Araguaína Sul, que teve o processo de regularização fundiária coordenado pelo Movimento Nacional de Luta pela Moradia, através da direção de quadros históricos como Manoel Paladim, Bismarque do Movimento e Arimateia do PT. Mais de 2 mil famílias sem-teto obtiveram, por meio da luta popular, a titulação de seu lote e a garantia de sua moradia.

A Ocupação Mangabeira existe há mais de quatro anos e inicialmente se deu de maneira espontânea por parte dos trabalhadores sem-teto, que indignados com a condição de milhares de negações de direitos, que é a regra para a circunstância social em que vive cada trabalhador brasileiro, resolveram se reunir e efetivar seu direito à moradia na marra!

Onde se encontra localizada, o terreno que é do Estado e portanto, do povo, seria destinado para o processo de grilagem de terras, que tem sido uma prática comum do governo Bolsonarista e seus agentes nas esferas subnacionais, aprofundando o processo de privatização dos territórios.

Atualmente, a Prefeitura Municipal, governada pelo fascista, Wagner Rodrigues (Solidariedade-TO), está efetuando uma obra de construção de uma avenida nas proximidades da ocupação. Tal obra, tem como objetivo de fundo agradar um suposto “dono” do território e os especuladores imobiliários, para realizar a grilagem da terra e a expulsão dos trabalhadores sem-teto da Ocupação Mangabeira.

Os trabalhadores da ocupação, cientes da manobra da burguesia, convocaram o Movimento Nacional de Luta pela Moradia para auxilia-los na ampliação da ocupação, no processo de regularização fundiária e de organização interna da ocupação, para fomentar a participação popular e democrática do povo, nas decisões sobre o seu próprio destino.

Nesse sentido, no dia 07 de novembro de 2021, os trabalhadores sem-teto iniciaram o processo de marcação dos novos lotes e de distribuição dos mesmos para as famílias.

A crise política, econômica e sanitária, tem levado os trabalhadores brasileiros à condições de sobrevivência insustentáveis, onde o desemprego cresce cada vez mais e o salário tem se esfarelado com a alta inflação e dos preços da cesta básica, as enormes elevações dos alugueis e o fim dos programas habitacionais para o povo pobre. Logo, só resta para a classe trabalhadora, sua organização independente e buscar saídas próprias para a situação. Situações como às da Ocupação Mangabeira, tem se multiplicado cada vez mais pelo país. A esquerda, deve canalizar esse descontentamento com a situação em dois sentidos: o primeiro deve ser o da luta pela reivindicação imediata para a condição de sobrevivência dos trabalhadores, e o segundo, no sentido de direcionar tal indignação para a raiz de tais condições de miséria, que se encontra na reivindicação da imediata queda da agenda neoliberal e de seus representantes políticos, que assaltam o poder de Estado desde a derrubada da Presidenta Dilma.

Fora Bolsonaro!
Lula Presidente!
Por um governo dos trabalhadores!
Ocupar, resistir pra morar!
Assine a Tribuna do Movimento e fortaleça a luta dos trabalhadores sem-teto!
https://apoia.se/tribunadomovimento

Posts mais recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

Aciara AL-TO Araguaina Araguaína-TO. Bolsonaro Brasil Campanha Cerrado Cidadania CPT Cultura Câmara de Araguaína-TO. Célio Moura Célio Moura 1303 Célio Moura PT?TO Democracia Dep. fed. Célio Moura direitos humanos DPE-TO eleições Fieto-TO indígênas Lula Livre Meio ambiente Meio ambiente Tocantins MPE-TO. Naturatins palmas Paulo Mourão 131 política Porto Nacional Prefeito WR/Araguaína Prefeitura de Araguaína PT PT Tocantins Seminário Sesc-TO Sisepe-TO. Sustentabilidade Sáude TO. Tocantins Turismo Unitpac Via Lago

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons