Ação da Saúde Municipal iniciará nesta quarta-feira, 5, para evitar aglomeração nas unidades básicas de saúde; haverá horário especial no sábado, 8

A partir desta quarta-feira, 5, mais de 3.300 pessoas receberão a 2ª dose da vacina contra a covid-19 produzida pelo laboratório Fiocruz/AstraZeneca. A maioria dos beneficiados é de trabalhadores da saúde que tomaram a 1ª dose há 90 dias, intervalo recomendado na bula do fabricante. Essa aplicação será realizada no Ginásio Poliesportivo Pedro Quaresma, próximo à Via Lago.

As equipes da Secretaria da Saúde estarão no local de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, até meados de junho. “A vacina será aplicada na quadra e não é drive-thru. As pessoas devem descer do veículo para entrar no ginásio e observar a data agendada na carteira de vacinação para comparecer no dia certo”, explicou a diretora da Imunização, Samilla Braga.

Excepcionalmente neste sábado, 8, haverá atendimento no local para o mesmo grupo, das 8 às 14 horas. “Mudar essa vacinação para um local com bastante espaço e com horário amplo é importante para evitar a aglomeração também nas unidades básicas de saúde, que estão atendendo outros públicos”, afirmou Samilla.

Coronavac
O público-alvo com mais de 60 anos continuam sendo atendidos com a 1ª e 2ª dose da vacina Coronavac, enquanto durarem os estoques. A 2ª dose da vacina Coronavac deve ser esgotada nesta terça-feira, 4, e a Prefeitura aguardará novas remessas para dar continuidade a imunização.

A aplicação é realizada em todas as UBS, com exceção das de referências para atendimento covid: Dr. Raimundo Gomes Marinho (Setor Maracanã), Albeny Soares (Setor Couto) e José de Sousa Rezende (Setor Alto Bonito).

Profissionais da segurança
Além desses, as forças de segurança e salvamento de Araguaína também estão recebendo a vacina, na UBS Maria dos Reis (Setor Bom Viver). Esse trabalhador será vacinado de acordo com listas nominais informadas pelos comandos de cada corporação.

Pode beber?
Entre as dúvidas frequentes quanto a vacinação está sobre o consumo de bebida alcoólica após a aplicação. A diretora da Imunização relatou que as bulas enviadas pelos laboratórios não trazem recomendações relacionadas ao assunto. “Cada corpo reage de um jeito, então nós seguimos uma orientação padrão para evitar o consumo de bebida nas primeiras 24 horas, porque o álcool pode atrapalhar na absorção da substância e na produção do anticorpo”.  

Vacinômetro
Com o ritmo acelerado, Araguaína quase já esgotou as doses recebidas para a primeira aplicação. O município recebeu 21.870 doses e aplicou 21.253 delas. Já para a segunda, o número é de 14.260 doses, tendo sido aplicadas até o momento 11.532.

A Prefeitura tem a publicação do vacinômetro, publicado duas vezes por semana, com atualização das doses recebidas e aplicadas contra a covid-19. As publicações estarão disponíveis nos perfis sociais da Nossa Araguaína no Facebook, Instagram e Twitter. Os canais de comunicação também são o único meio oficial em que a população deve se informar sobre o cronograma de vacinação em Araguaína.  

Fonte: Por Marcelo Martin – Foto: Marcos Sandes/Ascom

A maioria dos beneficiados é de trabalhadores da saúde que tomaram a 1ª dose há 90 dias

Posts recentes

Categorias

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons