Demandas da Agência de Segurança, Transporte e Trânsito podem ser feitas presencialmente, por telefone ou e-mail

A Ouvidoria da ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito) está atendendo a população de segunda à sexta-feira. O serviço tem como função examinar, encaminhar reclamações, sugestões, elogios e denúncias sobre a conduta dos servidores, colaboradores, integrantes e das atividades prestadas pelo órgão. Além de propor soluções e informar os resultados aos cidadãos, o objetivo é garantir a qualidade dos serviços prestados à comunidade.

“Nosso serviço é um instrumento colocado à disposição da cidade de Araguaína com intuito de fazer um intercâmbio, pois a população pode procurar a ouvidoria a respeito dos serviços que têm sido desenvolvidos pela instituição, como por exemplo a Guarda Municipal, as atribuições dos agentes de trânsito, as funções do aeroporto, da rodoviária, entre outras”, explica a ouvidora da ASTT, Marília Ribeiro.

A ouvidoria da ASTT recebe a demanda solicitada e busca o setor responsável pela informação para que em curto prazo sejam dadas informações para a resposta e a população seja atendida. Uma Lei Federal nº 12.527/2011 determina que todas as demandas registradas pelos cidadãos sejam atendidas no prazo de 20 dias, podendo ser prorrogado por mais 10 dias, mediante justificativa.

Como participar
A população pode recorrer à Ouvidoria da ASTT por meio do telefone (63) 3411-7009, pelo e-mail ouvidoria.astt@araguaina.to.gov.br ou ainda pessoalmente na sede da ASTT, localizada na Avenida Castelo Branco, nº 1.601, no Setor Brasil.

O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, com exceção do mês de julho, pois o órgão está seguindo o Decreto municipal nº 058/21 que alterou o horário de expediente nas secretarias e autarquias do município nas segundas e sextas-feiras. No primeiro dia útil da semana é das 13 às 18 horas e no último dia útil, das 8 às 13 horas, até o dia 2 de agosto.


Resposta rápida
A Ouvidoria da ASTT recebe uma média de dois atendimentos diariamente, a maioria das demandas está relacionada às sugestões de educação no trânsito. De acordo com a ouvidora, essa troca de informações está contribuindo para identificar os locais na cidade em que necessitam de mais medidas ou ações de segurança.

“Recentemente recebemos uma solicitação para que fosse realizado pelos agentes de trânsito uma educação no trânsito em uma faixa de pedestre, no centro da cidade, pois motoristas não estariam respeitando o sinal vermelho. Imediatamente traçamos estratégias e solicitamos uma equipe para a demanda”, afirmou a ouvidora.

Fonte: Por Giovanna Hermice | Foto: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons