Prefeitura de Araguaína vai ouvir a comunidade e colher sugestões para a elaboração de novas formas assistenciais

A Prefeitura de Araguaína vai promover uma audiência pública sobre a política social voltada para atendimento às pessoas em situação de rua. O evento, coordenado pela Secretaria Municipal da Assistência Social, Trabalho e Habitação, tem o objetivo de ouvir a comunidade e colher sugestões para a elaboração de novas ações para essas pessoas.
 
A reunião será aberta a toda comunidade e contará com a participação de representantes das instituições que compõem o Comitê Municipal Consultivo de Assistência Emergencial, criado pelo prefeito Wagner Rodrigues em junho deste ano. A audiência será realizada no próximo dia 3 de dezembro, às 8 horas, no auditório da Igreja São João Batista, localizada na Rua Vereador Falcão Coelho, nº 1.340, Bairro São João.
 
Ações nas ruas
Araguaína implantou há dois meses na cidade o Programa Consultório na Rua. De forma itinerante, uma equipe multiprofissional percorre a cidade atendendo pessoas em situação de rua com serviços de saúde básica e fazendo encaminhamento dessas pessoas às unidades. A Prefeitura também realiza o Programa Banho Solidário, que conta com cortes de cabelo e distribuição de roupas limpas, kits de higiene e alimentação.
 
Outro serviço gratuito para as pessoas em situação de rua é o tratamento contra dependência química, realizado no CAPS-AD 3 (Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e outras Drogas) e no Centro Municipal de Tratamento de Dependentes Químicos.
 
União de forças
O Comitê Municipal Consultivo de Assistência Emergencial foi criado pelo prefeito Wagner Rodrigues, com Decreto nº 052, que foi publicado no Diário Oficial de 21 de junho, buscando aprimorar ações e atenção às pessoas em situação de vulnerabilidade social com uma atuação conjunta e coordenada.

O grupo, que tem gestão da Secretaria Municipal da Assistência Social, Trabalho e Habitação, é composto pelas também secretarias municipais da Saúde, Educação, Captação e Gestão de Recursos, Procuradoria Geral do Município, Demupe (Departamento de Postura e Edificações), instituições de ensino superior, polícias Civil, Militar e Federal, ministérios públicos Federal, Estado e do Trabalho, DPE (Defensoria Público do Estado), Conselho Tutelar, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), FUNAI (Fundo Nacional do Índio), ACIARA (Associação Comercial e Industrial de Araguaína), FUNAMC (Fundação de Atividade Municipal Comunitária), NUAMAC (Defensoria Pública do Estado) e entidades religiosas.

Fonte: Marcelo Martin – Foto: Marcos Sandes/Ascom

Posts mais recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

Aciara Agronegócio AL-TO Araguaina Araguaína-TO. Bolsonaro Brasil Campanha Cerrado Cidadania CPT Cultura Câmara de Araguaína-TO. Célio Moura Célio Moura 1303 Célio Moura PT?TO Democracia Dep. fed. Célio Moura direitos humanos DPE-TO eleições Fieto-TO indígênas Lula Livre Meio ambiente Meio ambiente Tocantins MPE-TO. Naturatins palmas Paulo Mourão 131 política Prefeito WR/Araguaína Prefeitura de Araguaína PT PT Tocantins Seminário Sesc-TO Sisepe-TO. Sustentabilidade Sáude TO. Tocantins Turismo Unitpac Via Lago

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons