Blog Konjuntura # Fechamento da Conab é confirmada e deputado federal Célio Moura diz: “será um prejuízo enorme”

O fechamento do armazém da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em Araguaína, foi confirmado nessa quarta-feira, 2, pelo deputado federal Célio Moura (PT) durante seu pronunciamento na Câmara dos Deputados.

“Por várias vezes, daqui da tribuna da Câmara, pedimos à ministra da agricultura, Tereza Cristina, ao presidente da Conab, Newton Araújo Silva Júnior, e ao governador do Estado Mauro Carlesse, para que evitassem que o prédio fosse fechado. Será um prejuízo enorme, principalmente, para o pessoal da agricultura familiar. Conclamamos também ao prefeito, Ronaldo Dimas (sem partido), que assumisse o prédio e fizesse nele uma central de distribuição da agricultura familiar, mas, infelizmente, ele informou que não tinha condições. Registramos com muito pesar o fechamento da Conab”, lamentou o petista.

Para o deputado é “inaceitável” que o governo encerre as atividades da Conab na cidade. “A agência da Conab tem um papel importante na região norte do Tocantins por ser a única na região. Nós cedíamos a maioria das comunidades indígenas que são abastecidas pelo armazém de Araguaína, quando têm problema de alimentação. Eu conclamo ao presidente da República, à ministra da Agricultura, ao governador do Estado para que revejam esta posição e mantenham o armazém da Conab em Araguaia”, ressaltou.


O petista fez questão de manifestar tristeza e repúdio sobre o fechamento do prédio. “Não vamos aceitar desrespeito governamental. Quantas carretas chegavam para abastecer aquela região tão importante quando tinha problemas de abastecimento. É de chorar. Quero demostrar meu repúdio e minha tristeza. A agricultura familiar é perseguida de todas as formas, enquanto tudo para agronegócio é feito e garantido”, criticou.

Segundo ele, a política do atual governo é de “desmontar aquilo que funciona, principalmente, para o pobre”. “A Conab vai ser agora apenas aquela fotografia antiga e bonita que vamos guardar na nossa imaginação de que ali políticas públicas foram realizadas com muita grandeza e acabando com a fome de muita gente. Quero manifestar meu repúdio ao fechamento da agência da Conab em Araguaína”, lamentou.

Na lista
Na edição do dia 28 de fevereiro deste ano, o Portal Norte Agropecuário informou que o prédio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) localizado em Araguaína deveria ser um dos 67 que seriam leiloados ou cedidos à iniciativa privada por meio de permutas, como anunciaram o novo presidente da companhia, Newton Araújo Silva Júnior, informação ratificada pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Segundo o meio de comunicação, um estudo preliminar, feito pela direção da Conab, em Brasília, listou a sede de Araguaína como subutilizada.

Por outro lado, a superintendência do Tocantins teria elaborado estudo técnico que defendia a importância estratégica para a permanência do armazém. Porém, as expectativas não eram animadoras.

“É preciso tirar essa gordura da companhia para fazê-la se fortalecer”, disse o novo presidente da Conab, Newton Araújo Silva Júnior, em cerimônia de posse na capital federal.

A ministra da Agricultura, presente na cerimônia, ratificou a medida. Ela declarou que a rede de armazenamento da Conab é “grande e antiga”. Para ela, deixou de fazer sentido mantê-la num momento em que os traders do setor agropecuário são mais ágeis e possuem esquemas mais modernos de armazenagem e escoamento da produção.

Na época, o meio de comunicação também ressaltou que ainda não havia informação oficial sobre qual o destino dos servidores e que um caminho mais provável era o remanejamento para outras cidades.

Fonte; Araguaína Urgente
(Por Raimunda Costa)

Posts recentes

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *