O frio chegou e com ele aumenta a lista de cuidados com os pets. Manter cães e gatos confortáveis durante o inverno proporciona melhor qualidade de vida para eles e mais alegria para a família. “Pets com dores ficam desanimados e tristes. Isso afeta toda a casa. Por isso, é preciso atenção dos tutores aos sinais de dores e desconforto dos cães e gatos. O objetivo é resolver eventuais transtornos causados pelo frio o mais rápido possível”, explica a veterinária Patricia Guimarães, responsável pelo departamento técnico de marketing da Syntec do Brasil.

As dores causadas por problemas musculoesqueléticos podem se intensificar durante épocas ou dias mais frios. Além disso, recomenda-se atenção especial para cães e gatos mais velhos. “Os animais idosos são os que mais sofrem. Assim como os humanos, eles comumente apresentam quadros de artrite, artrose, osteoartrite e problemas de coluna, como hérnia de disco ou bicos de papagaio, e podem sentir dores mais intensas nos dias frios. Também, com o passar dos anos, ocorre diminuição da massa muscular e da camada de gordura. Isso dificulta a manutenção da temperatura corporal dos pets. As baixas temperaturas também contribuem para a diminuição da imunidade de qualquer animal, facilitando a entrada de vírus ou bactérias no organismo. Por isso, é necessário redobrar a atenção com os nossos pets”, esclarece a especialista da Syntec do Brasil.

Os sintomas são diferentes em cães e gatos. É importante a atenção dos tutores aos sinais emitidos. De acordo com Patricia Guimarães, “os cães praticamente falam com a gente. É mais fácil perceber quando estão com algum problema, pois existe uma alteração no padrão comportamental desses animais; eles ficam mais quietinhos, param de interagir com os seus tutores e de se alimentar. Então, é possível saber quando existe algo errado. Já com os gatos essa percepção é mais difícil. É necessário ficar atento às mudanças de comportamento para entender o que está acontecendo”.

Para evitar as dores crônicas durante o inverno é importante manter os pets aquecidos e, quando necessário, tratá-los adequadamente. O suplemento alimentar Condrotec Pet, indicado para cães e gatos de todas as idades, auxilia na prevenção e no tratamento de doenças musculoesqueléticas, pois previne e diminui a velocidade de degeneração da cartilagem articular. Condrotec Pet composto por Condroitina A, Glucosamina, Colágeno Hidrolisado, Vitamina C e Zinco e é de fácil administração, pois o comprimido é pequeno e palatável, o que torna sua aceitação e administração mais fáceis, diminuindo o estresse dos pets e dos tutores.

Em casos de pets que já apresentam quadros de inflamação aguda ou crônica em decorrência às doenças musculoesqueléticas, a Syntec disponibiliza Maxitec Oral, anti-inflamatório à base de meloxicam, também com propriedades analgésica moderada e antipirética. Seguro, eficaz e indicado para cães e gatos a partir de 4 semanas de idade, sua apresentação líquida em suspensão e o aroma adocicado de baunilha facilitam a administração e a aceitação pelos pets, sejam eles filhotes, adultos, idosos ou com dificuldade de aceitação de comprimidos.

“Vale lembrar que tratamentos alternativos como a acupuntura, oriunda da Medicina Tradicional Chinesa, contribuem também para o controle da dor, se mostrando muito eficaz como recurso coanalgésico, pois associada com c rotetores e anti-inflamatórios, melhora a condição de bem-estar dos pets”, enfatiza Patricia.

Sobre a Syntec – A Syntec é uma indústria de produtos para saúde animal 100% brasileira, com foco em medicamentos e suplementos veterinários de alta complexidade. Seu portfólio é amplo, incluindo terapêuticos, especialidades, produtos para higiene e saúde, suplementos e, agora, vacinas animais. Mais informações: www.syntec.com.br

Fonte: Fernanda Souza

 www.textoassessoria.com.br  

Posts recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons