Evento reúne grupos tradicionais, indígenas, mestres e mestras dos saberes

O grupo Tambores do Tocantins, realizou na última sexta e sábado, 12 e 13 de novembro, na Comsaúde e no campus da Universidade Federal do Tocantins (UFT Centro), em Porto Nacional, o Encontro de Culturas Tradicionais do Tocantins. O evento reuniu grupos tradicionais, indígenas, mestres e mestras dos saberes, sendo realizado de forma híbrida, presencial e online, destinado ao público em geral. 

A programação contará com vivências, oficinas, rodas de prosa, espetáculos teatrais, shows musicais, feira de artesanato e produtos típicos, roda de capoeira e muito mais, apresentados por mestres, grupos culturais, brincantes foliões, dançarinos, palhaços, tamborzeiros, catireiros, suçeiros e comunidade em geral.

Participaram do evento o Grupo de Suça Tia Benvinda, Catireiros de Natividade, as palhaças da Trupe-Açu, Grupo de Suça Mãe Ana, Projeto Vereda, Dança Maculelê da Comunidade de Barra da Aroeira, Grupo Batucanto, Turma que Faz, Os Outros e Grupo Tambor de Monte do Carmo. Haverá também feira de artesanato Krahô e Karajá, exposição fotográfica de Emerson Silva e Tharson Lopes e apresentações musiciais com Everton dos Andes, Braguinha Barroso, Dorivã, Genésio Tocantins, Relmivan Milhomem e Tambores do Tocantins, dentre outros.

Para o organizador do evento, o músico Marcio Bello, do grupo Tambores do Tocantins, o encontro de culturas tradicionais é uma inspiração do famoso Encontro Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. “É a realização de um sonho que lutamos há mais de dez anos. Sempre sonhamos em ter um projeto como esse que, anualmente, participamos na Chapada. Essa primeira edição é apenas um embrião e tenho a certeza de que ficará para a história e memória da cultura no Tocantins”, relatou o artista.

Segundo ele, a ideia surgiu como uma ferramenta de fomento e principalmente como espaço de conhecimento, reconhecimento, inclusão, valorização, divulgação, apoio e permanência das culturas tradicionais do Tocantins. “Conciliamos isso tudo como um espaço de diálogo, formação, transformação e construção de propostas de políticas públicas que contribuam com o segmento de forma efetiva”, declarou.

De acordo com o presidente da Adetuc, o projeto reúne várias manifestações tradicionais em um só evento que exalta a cultura tocantinense e contribui para preservar essas tradições. “Porto nacional é tido como berço da cultura tocantinense, rica e de grande valor histórico, nesse sentido o projeto é de grande valor para homenagear os representantes da cultura do nosso Estado”, considerou Jairo Mariano.

A transmissão do evento e outras informações podem ser conferidos no site https://tamboresdotocantins.com.br/.

O projeto foi comtemplado pela Lei Aldir Blanc Tocantins e conta com apoio do Governo do Tocantins, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc). O evento conta ainda com apoio da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Secretaria Municipal de Cultura de Porto Nacional e Comsaúde.

Fonte: Wladimir Machado /Secom/TO.

Image de capa: Evento foi realizado de forma híbrida, presencial e on-line, destinado ao público em geral – Foto: Divulgação

Posts mais recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

Aciara AL-TO Araguaina Araguaína-TO. Bolsonaro Brasil Campanha Cerrado Cidadania CPT Cultura Câmara de Araguaína-TO. Célio Moura Célio Moura 1303 Célio Moura PT?TO Democracia Dep. fed. Célio Moura direitos humanos DPE-TO eleições Fieto-TO indígênas Lula Livre Meio ambiente Meio ambiente Tocantins MPE-TO. Naturatins palmas Paulo Mourão 131 política Porto Nacional Prefeito WR/Araguaína Prefeitura de Araguaína PT PT Tocantins Seminário Sesc-TO Sisepe-TO. Sustentabilidade Sáude TO. Tocantins Turismo Unitpac Via Lago

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons