Prefeitura de Araguaína possibilita residência médica inédita na região

Especialidade para Medicina Intensiva Pediátrica, da Universidade Federal do Tocantins, será realizada na Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrica da cidade

Com dez leitos ativos na unidade, a UTI Pediátrica já recebeu 68 crianças no período de 28 de julho a 31 de janeiro

Entre as oito vagas ofertadas para residência médica pela Universidade Federal do Tocantins para o Campus de Araguaína está a de Medicina Intensiva Pediátrica. Inédita na região, a residência só foi possível devido à implantação da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Pediátrica do Hospital Municipal de Araguaína (HMA) Eduardo Medrado. Os interessados têm até dia 25 para se inscrever na especialidade.

A Prefeitura de Araguaína faz parte da parceria com a UFT, que publicou o edital de abertura e início das inscrições pela internet nesta quinta-feira, 21. Além da residência em Medicina Intensiva Pediátrica, serão ofertadas no Campus da cidade uma vaga para Clínica Médica, uma para Infectologia, duas vagas para Medicina de Família e Comunidade e três para Neonatologia.

Podem se inscrever profissionais que tenham concluído o curso de graduação plena em Medicina, realizado em Instituições credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC), ou que irá concluir o curso até o dia 14 de março. A seleção para as vagas será realizada em uma única fase, em que será aplicado o exame de conhecimentos através de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório.

UTI Pediátrica

Com dez leitos ativos na unidade, a UTI Pediátrica já recebeu 68 crianças no período de 28 de julho a 31 de janeiro. Mais de 90% dos pacientes receberam alta ou estão em tratamento. Na equipe da UTI Pediátrica tem doze médicos.

A unidade conta com layout moderno, dentro do projeto de humanização da Prefeitura, com base no Ministério da Saúde e é referência para toda a região. O Município de Araguaína é responsável pela gestão da UTI Pediátrica e gerida pela Organização Social (OS) Instituto Saúde e Cidadania (ISAC).

Cronograma da residência

Os prazos para os interessados em realizar as residências vão até dia 11 de março, data da realização da prova. Até esta sexta-feira, 22, os interessados que quiserem a isenção da taxa de inscrição, de R$ 300, deverão fazer o pedido on-line (http://www.copese.uft.edu.br/). 

No dia 25, será realizada a divulgação das respostas às solicitações de isenção da taxa de inscrição, dia também que se encerrarão as inscrições. Dia 26 será o último dia para pagamento da taxa de inscrição e dia 27 será divulgada a resposta às solicitações de atendimento especial.

No dia 11 de março haverá a aplicação das provas às 14 horas, com divulgação dos gabaritos provisórios logo após o encerramento do certame. Dia 12, é a data para interposição de recursos contra as questões e gabarito provisório das provas objetivas, das 0h às 23h59, pela internet.

No dia 14, a resposta aos recursos e resultado final serão divulgados; e no dia 15, estarão disponíveis as matrículas, das 8 às 12 horas. Os alunos aprovados terão as atividades iniciadas em 18 de março.
(Thatiane Cunha / Foto: Marcos Filho Sandes/Ascom )

Posts recentes

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons