Por causa do distanciamento obrigatório entre as barracas, feiras livres do Centro e Entroncamento serão estendidas para novos trechos

A Prefeitura de Araguaína, por meio da Funamc (Fundação de Atividade Municipal Comunitária), adotará novas medidas restritivas para o funcionamento das feiras livres da cidade, a partir desta sexta-feira, 19. As regras são para garantir a segurança dos comerciantes e clientes devido à covid-19.

Entre as exigências está o distanciamento obrigatório entre as barracas. Para garantir a distância mínima necessária, a Prefeitura estenderá o  espaço nas feiras.

No Centro, a feira realizada aos sábados ao lado do Mercado Municipal, na Rua Sete de Setembro, será expandida para o trecho entre a Rua das Mangueiras e Rua Ademar Vicente Ferreira. No Entroncamento, a feira realizada aos domingos, na Rua Fortaleza, será expandida para o trecho entre as ruas Mato Grosso e Cristalândia.

“Nesse momento precisamos contar com a colaboração dos feirantes e de toda a população, afinal é de responsabilidade de todos nós o cumprimento do distanciamento necessário, o uso da máscara e evitar de ir acompanhado ao realizar as compras”, explicou o superintendente da Funamc, Neif Gomes.

Outras recomendações
Além do distanciamento entre as barracas, a Prefeitura reforça o uso obrigatório de máscaras tanto pelos feirantes quanto pelos visitantes, observando os cuidados com o manuseio e posicionamento correto no rosto.


Não pode haver, entre os feirantes e clientes, pessoas com idade a partir de 60 anos ou com sintomas de gripe ou resfriado. Manter o hábito da limpeza constante das mãos com álcool 70% também precisa ser observado.

Feiras 
De acordo com a Funamc, Araguaína tem 500 feirantes cadastrados que trabalham em feiras tradicionais.


O município possui três feiras já fixas: a do Mercado Municipal, aos sábados; a do Entroncamento e a do Bairro JK, aos domingos. A maioria dos feirantes fica mais na do Mercado Municipal, no centro da cidade, que começa a ser montada ainda na sexta-feira à tarde, finalizando no sábado.

Nessas feiras são vendidos legumes, verduras, frutas, cereais, farinhas e os mais variados produtos de panelas de ferro a roupas, redes e plantas ornamentais.

Fonte: Por Adriana Santana | Foto: Marcos Sandes / Ascom

Posts recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

Instagram @rybalima

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons